30 de dezembro de 2015

Caro 2015

30 de dezembro de 2015

Você com toda certeza deve estar rindo da minha cara nesse momento, com aquele olhar de "não acredito que você fez isso menina". Mas por favor não me julgue, você sabe apesar de tudo eu e você se demos tão bem. Não serei ingrata ou absurda o bastante para dizer que você foi um merda, ou será que eu posso? Ah calma!! É brincadeira.

Você foi umas das coisas mais confusas que me aconteceram, chegou de um jeito todo errado. Porém não me deixou quieta, você foi a chuva no meu domingo tedioso. O calor no dia que eu queria usar aquele casaco novo. Ou melhor, a menstruação que desceu quando eu ia colocar a bermuda branca. Você foi o pernilongo que me incomodou na madrugada. Mas venha cá, me abrace. 

Eu só tenho a agradecer seu desgraçado. só tenho a te agradecer as pessoas que eu conheci, os sorrisos que dei, os meus choros estranhos que rolaram, os livros que li, a companhia que fui e que recebi.  Os quilos que engordei, as madrugadas que não dormi, os abraços que recebi. 

Valeu aninho estranho, você foi uma bela junção de números na minha vida. Foi diferente, surpreendente. Mesmo você sendo assim levado, ligeirinho. Mesmo tendo me engolido alguns dias, meses. Mesmo você me deixando de cabelo em pé. Agradeço o que passou, o que passei com você. 

Agora avisa ai teu amiguinho com final 16, pra vir com calma. Você sabe, eu sempre tive espírito de velha! 

Com amor de sua velha amiga, 
Milena.

29 de dezembro de 2015

Só sei sentir

29 de dezembro de 2015
A necessidade de escrever antes de 2015 acabar, ao som de Maroon 5 sentindo todas os meus conceitos fugindo da minhas mãos. Eu não sei, eu não sei o que esperar para 2016. Ao bisbilhotar inúmeros sites/blogs por ai bateu a incerteza de e eu? O que eu desejo agora? 2016 vai ser o ano da despedida, o último ano no ensino médio, o último ano a ir todas as noites para as mesmas salas, com aquelas mesmas pessoas. Acredito que passamos toda a nossa vida colegial esperando por esse ano, e agora "tamo" ai.

Acredito que finais de ano não me fazem bem, sério. Bate aquele enorme remorso de será? O WhatsApp apita com a chegada daquelas mensagens malditas falando que se você não fez nada muito proveitoso esse ano, calma 2016 ta chegando. Acho engraçado a maneira poética como eles sabem dizer isso, tipo relaxa, você iniciará um novo capitulo, aquilo já passou. Esquece que você foi horrível, 2016 ta ai batendo na tua porta. Sorria!

A cada virada de ano prometia a mim mesmo que faria diferente, que eu iria mudar. Que ia me por em primeiro lugar, ser feliz sem ligar pra nada nem ninguém. Pensando bem cumpri com isso, em parte. Pois no fundo ainda sou a Milena a que chora sozinha no canto e depois coloca a culpa no livro. Cá estou eu, olheiras fundas, nariz escorrendo, cara amassada. Após terminar um maldito livro que me fez perder o sono e algumas lágrimas também.

Não sei se no final isso fez sentindo, se esse texto quis dizer algo ou não. Mas a gente sabe eu nunca quis fazer sentido mesmo, eu não quero fazer sentido eu quero ser eu. E bem acabei de perceber que sou tão eu, quando não tem sentido. Apenas sei sentir.

1 de setembro de 2015

Setembro, um mês..

1 de setembro de 2015

Ufa, sobrevivi aos 45987 dias que agosto teve. Exageros a parte agosto foi o mês mais atolado, chato, estressante que passei. Todos os dias tiveram pressa, raiva, cansaço e um cabelo que nunca se ajeita. Ok, a parte do cabelo prevalece.

Mas ai o dia amanheceu, ai os meus olhos bateram no calendário e eu vi um lindo e belo novo mês me esperando.  Novos 30 dias. Que eu rezo e espero que sejam dias de paz. Onde eu possa trabalhar calmamente durante o dia e a noite ir pra escola naquela pose de: TA TUDO BEM! E realmente estar. Onde eu posso comer brigadeiro e chorar enquanto vejo uma comédia romântica dessas que nunca vão acontecer comigo. Onde o mocinho conhece a mocinha na rodoviária e eles se apaixonam. Um mês onde eu possa passar horas lendo no wattpad. Mais um mês onde vou aguardar meu crush notar que existo. Onde eu conto os dias para o finais de semana chegar e dormir até meio-dia.


Bom, talvez eu não consiga tudo isso. Mas nada que um x-salada e um sapato novo não resolvam. 

11 de julho de 2015

sem filtro, sem edição, apenas amor

11 de julho de 2015
Em uma quarta-feira totalmente ensolarada, encontrava-me em um tédio terrível. Então eu olhei para a câmera, ela me olhou. E foi como tivesse me dito: vamos lá! E então eu fui. O resultado ta ai em baixo. Meio mais ou menos.. simples, nada especial. Porém tudo feito com amor. E posso dizer que no final fiquei apaixonada? 



aah a simplicidade dos detalhes, o amor no pouco. Acho que é isso a essência da vida. O pouco, o simples, o amor. Pare um pouco, opte pelo off.. se desligue. E note tudo ao seu redor, comece de novo. Renove o olhar. Nós merecemos, você merece. Sua mente precisa, seu coração pede e sua vida, transformará! 

4 de julho de 2015

um comercial cheio de amor

4 de julho de 2015
Meus olhos enchem de amor quando vejo esse comercial. Pois em um minuto e trinta e sete segundos conseguiram juntar duas grandes paixões da minha vida. Jeep e poesia.


Poema:

Esse último vento
Que soprou da montanha,
Trouxe um movimento,
Uma inquietação tamanha.
Desejo de sair sem rumo.
A aventura me acompanha.

Nesse dia, um vento seco,
Sopra de forma estranha.
Não pertence ao nosso clima,
De outras águas, 
ele se banha.
À noite, seu sopro aquecido.
As luzes distantes, arranha.

Mais que vento, um sentimento,
Um desassossego sem trégua.
Pairando feito névoa
Por essas terras.

Uma tempestade se forma.
Um fervor nos apanha.
E, se espalhando, transforma.

Dá para perceber o que vai acontecer:
Novas histórias.

E eu não consigo expressar realmente o que sinto, só sei que é amor puro. É lindeza demais. Tudo lindo e perfeito. Sem palavras mesmo pra expressar. E ao publicitário da marca, PARABÉNS, não sei se conseguiram alcançar as vendas. Mas que o meu coração palpitou, sim ele palpitou. 

E talvez realmente está na hora de novas histórias, novos rumos, novos amores. Talvez esteja na hora de tomar CORAGEM pra isso. 





2 de julho de 2015

Eu nunca quis fazer sentindo mesmo

2 de julho de 2015

Julho chegou. Com ele veio eventos esperados, festas e meu aniversário.  Engraçado, julho chega e minha crise existencial vem junto.  Não sei, só o motivo de completar mais um ano de vida me deixa  cheia de duvidas. Do tipo, estou fazendo certo? Quando eu era criança eu queria ser assim mesmo aos 15? Ou melhor, 16? Eu queria estar assim? O que eu faço de bom para mundo? Milena você reclama demais não acha? Por que nasci desse jeito?

E ai vem uma infestação de pensamentos,  loucuras, risadas e medos. Vêm àquelas ideias malucas, insanas, aquela vontadezinha de largar tudo, pintar o cabelo de azul e fugir de casa.  Aquele desejo de mandar o professor de química se catar, e dizer que não preciso de nada disso. Faltar nos compromissos que são importantíssimos, largar a escola.  Se deixar levar.

Não vamos negar, a maioria dos pensamentos iriam me prejudicar no futuro. É claro! Mas o meu mal sempre foi pensar demais! Sempre fui a racional do grupo. A careta da classe, a romântica da história. Que é apaixonada, mas não deixa  se apaixonar por ninguém. Soa contraditória né? Mas sabe de uma coisa? Eu nunca quis fazer sentindo mesmo.


Fotinha básica da INDIRETAS DO BEM

9 de junho de 2015

Hora da pipoca

9 de junho de 2015
Eu um ser pensante que nada faz nos finais de semana, vima até aqui indicar dois filmes. Não são filmes lançados ontem, passa bem longe disso. Mas é que eles tem um lugarzinho no meu coração de tão bonitinhos que são. E não importa que foram lançados a 16 anos atrás. Quem liga?

10 Coisas que Eu Odeio em Você


Ok, a história é ótima. E quem liga que é previsível? Eu não! A única coisa que eu achei foi apaixonante, e eu já vi umas 30 vezes porque sim! Até já passou na sessão da tarde. Quando eu não trabalhava e ficava a tarde atoa comendo pipoca e vendo toda a programação da globo. Fui disso, aham! 
 A chave do filme é que Cameron, que é novo na escola automaticamente quando vê Bianca, logo se apaixona por ela. Porém, Bianca é irmã de Kat a eterna megera. E o pai das duas acaba de colocar uma nova regra: Bianca só poderá ter encontro quando a sua amada irmã Kat, também ter. E agora? Quem será corajoso o suficiente para sair com Kat? Então o querido Cameron tem uma ótima ideia, pagar um cara para isso. E é ai que entra Patrick, um cara cheio de boatos loucos.  Que topa  entra nessa e tenta adestrar Kat, para ter um encontro.

Por fim a história vai seguindo, até Patrick acabar se apaixonando por Kat... ai já viu né? Mas é um filme fofinho, bom de ver.. Segue legal, engraçado e quando a gente notar já acabou!! Gosto do filme pois foi inspirado do livro A Megera Domada de William Shakespeare.

500 Dias com Ela


Então vamos lá, esse filme tinha tudo para ser bonitinho e entrar para entrar na lista dos apaixonados de plantão. Mas não! Ele não é feliz. E eu gosto dele por isso, pois realmente mostra o lado verdadeiro da coisa. Summer pode ser sim considerada uma vadia sem coração, mas ela deixa bem explicito que não acredita em amor verdadeiro. 

E o filme vai variando entre os 500 dias, vão e voltam. E sei lá eu nem sei mais o que escrever, pois não quero contar mais nada. Porque não vou deixar o filme perder a magia. Mas como o filme mesmo avisa: NÃO É UMA HISTÓRIA DE AMOR! 

E agora vai de você assisti-los para a gente compartilhar destes amores. 

30 de maio de 2015

Ahh.. as peças da vida!

30 de maio de 2015

O celular vibrou. Eu tentei não criar expectativas. Mas quando vi já estava olhando se era uma mensagem sua. Simplesmente acho que a vida me pregou uma peça. Fui pega, olha só. Até agora quem estava mandando no jogo era eu. Em que parte você começou a ganhar? Quando que eu me deixei levar por esse seu papo bobo. Com essas tuas implicâncias toscas de quem não quer nada. Merda! Já era. Mas eu te falei, eu te falei que não levo jeito. Que não consigo, que nas aulas para o amor eu faltei em todas. Que eu não me entrego, que.. sei lá! Eu sou toda estragada quando chega nesse assunto. Deu pane no meu cérebro e já estou nervosa só em pensar na hipótese. E agora? O que eu faço? Eu não consigo, eu não levo jeito. E confesso, não to afim de pagar pra ver! Tenho medo mesmo. Ri da minha cara, isso ai.Diz que vou me arrepender depois, que tu não vai esperar eu me decidir. Sabe de uma coisa? Acho que é isso mesmo que eu quero. Que tu não me espere, que tu vá. Porque cara, dentre de todas as coisas do mundo, amar pra mim sempre foi a mais complicada. E eu não vou te prender a algo que eu não sei fazer. Olha só, como eu soei fofinha agora. Eu estou te privando de se machucar. Então quer sabe? Coloca aquele teu sorriso, que faz-me ver estrelas. E segue em frente. E  aí tudo vai ficar bem... beleza?

O celular vibrou, o coração pulou. Mas você não vai saber disso...

18 de maio de 2015

Foi domingo.

18 de maio de 2015
É domingo! Aqui estou eu tentando miseravelmente fazer uma crônica para entregar amanhã na aula de português. Porém em algum momento eu mudei o percurso, o foco. Perdi a vontade. E Engenheiros do Hawaii embala tudo isso. E não sei dizer como ou porque, mais eles me fazem me sentir melhor. Fazem-me ter uma vontade de sair, largar tudo e ir. Ir para algum lugar, que não sei onde. Vontade de tudo sabe?  Mas eu sei que vai ficar só nisso, que eu vou hoje a noite quando eu for para cama, irei me roer em pensamentos, vou meditar vários cortes de cabelo, atitudes e diálogos. Que eu sei que não vão acontecer. Porque amanhã, quando eu acordar a única coisa que vou fazer, será trocar de roupa, passar a escova nos cabelos e ir trabalhar. Porque essa a minha realidade aos 15 anos e dez meses. Esse é o meu hoje.  E eu não posso negar, ou dizer que não quero mais. Eu não vou me dar o luxo. Eu preciso disso.  Então a única conclusão que cheguei é que na equação de: Engenheiros do Hawaii + domingo = não faz nada bem a minha sanidade mental. 

7 de maio de 2015

o futuro é todo dia...

7 de maio de 2015


A meses está passando essa propaganda na Rede Globo de televisão. E sempre que assisto ele mexe muito comigo. Pois sim, a mensagem que ela passa é totalmente verdadeira.
 Sim, não sabemos nada do amanhã.. apenas que vamos ainda rir, chorar, gritar.. A tecnologia pode ir e vir. Mas os nossos sentimentos vão ficar. Pode ser no século 18 ou 21. Ainda sentiremos! 

27 de abril de 2015

WATTPAD, o que é?

27 de abril de 2015

Vocês já devem ter percebi o quanto eu falo sobre o Wattpad por aqui. Eu descobri ele porque uma amiga me indicou e eu acabei achando a metade da minha laranja.

Mas como funciona o Wattpad?

Então ele é uma página onde vários escritores disponibilizam seus livros. GRATUITAMENTE. Muitas vezes são escritores iniciantes e ai o Wattpad é um grande aliado para conseguir uma editora.

Dificilmente você encontrará um livro completo. Os escritores vão postando os capítulos semanalmente. Tem uns que postam três vezes por semana, outros uma. Isso varia. Quando eles acabam o livro e já tem contrato com editora o livro acaba sendo retirado da plataforma e fica só alguns capítulos de degustação. Marketing galera! (Hahhahh).

O wattpad é então uma plataforma para livros. E tem pra todos os gostos. Romance, terror, contos, poesias.

Ele pode ser acessado pelo site: aqui.

E tem o aplicativo para móvel. Eu confesso que só acesso pelo celular mesmo. Pela página nunca entrei.  Só lembrando que se você for ler, terá que fazer uma conta. Mas dá pra usar a do facebook. Então é moleza galera!



Então é isso. Esse é meu grande aliado. Já que adorar ler e ser pobre nem sempre é fácil! Hahahhhahh
Se interessar vocês posso fazer um post indicando alguns livros que leio. Já deixando claro aqui é puro romance, hahahhh

21 de abril de 2015

Use, abuse e decore com MOLDURAS.

21 de abril de 2015
Esses dias tava pensando, que já chega né? Chega de ficarem escutando eu falar lorotas sobre meu cotidiano. O de sempre. Chega até pra mim, eu também não aguento mais!!! Então vim falar de uma coisa que gosto muuuitooo e em outras fases desse blog eu falava bastante sobre. Que não é mais nada do que: D E C O R A Ç Ã O!

Sim que qualquer página que entramos hoje em dia damos de cara com esses tipos de post's, mais e daí? Vocês ganharão inspiração aqui e de presente um texto de uma mera mortal que adora ficar de nhenhenhe... Então vamos lá!!

Eu escolhi hoje fotos que utilizam muito o quadro na parede. Como qualquer quadro muda todo o contexto da decoração, então devemos usar e abusar sem medo!!





Em muitas fotos mostram que podemos combinar todos os quadros como também podemos brincar com eles. Não precisamos seguir um padrão e nada disso. Basta apenas uma foto e um quadro. Essas molduras a gente encontra em lojas de 1,99 (Na minha cidade existe, pelo menos).

Enfim, de vez em quando eu vou postar umas coisinhas assim. Vou começar a bolar melhor. CHEGA DE RECLAMAR!!


   Fotos google - se por acaso algumas dessas fotos for sua, entre em contato comigo que darei os devidos créditos.

Relato do feriadão + as palhaças de sempre.




Aqui estou eu em pleno feriadão, lendo uns blogs loucos de gente louca. Sentindo um calor dos infernos, com os cabelos grudando na nuca. oooh coisa ruim!Usando uma regata que já deixou de me servir e só eu ainda não me toquei. E uma bermuda que ta seguindo o mesmo rumo. Mas e daí? To mega tranquila!

Ai eu me pego a lembrar que faz exatamente um mês e quatro dias que não dou o ar da graça por aqui. OLHA SÓ! Deixa eu contar que só o que fiz foi trabalhar e estudar pras provas bimestrais. Ohhh sofrência! Então sorria o primeiro bimestre está acabando. Faltam apenas três casas. E comi feito louca, porque eu fico estressada e ai eu tenho que comer (muito, diga-se de passagem). E pra ajudar a Páscoa passou por nós nesse tempo heheheheh.. Só que me consolei comprando roupinhas novas e tênis, porque não sou de ferro. E parcelei tudo, porque sou FINA!!! 

E ainda no final ganhei um feriadão de fazer os olhos brilharem, só não brilhou completamente porque tem um belo livro de geografia me esperando pra gente fazer um trabalho. Que eu linda e formosa estou me negando a fazer, como se não depende-se disso para passar de ano (exagero, ou n).

Eu ainda vou escrever algo que preste por aqui, aguardem!

Mas enquanto isso, aguentem essas palhaças da vida.

Foto google - se caso ela for sua, entre em contato comigo que darei os devidos créditos.

17 de março de 2015

A chatice de sempre em dose dupla + Chico Xavier.

17 de março de 2015

O fim de mais um terça-feira. Mais um dia 17. Mais mil loucuras ditas, pensadas, sonhadas... Mil planos mirabolantes que não irão acontecer. Na minha cabeça dei trezentos beijos na boca daquele gatinho da esquina que nem me olha, mas e daí? Mais uma semana inteira de prova e trabalhos.  Uma cara cheia de espinhas e olheiras gigantes. Mais vou confessar isso não é reclamação. É DESABAFO. 

Era sou muito a fim de postar coisa decente nesse lugar que chamo de blog, mas eu só sei vim desabar minhas coisas nada a ver aqui. Eu estou respirando, rindo, dançando enquanto trabalho. E colocando minha calça jeans no fim do dia para ir para escola. Fazendo aquela cara de bonita, só pro autoestima aumentar. As vezes funciona. Confesso.  E são aulas atrás de aulas, risos e revida de olhos pra se manter. No fim do dia a minha cama me chama e eu não tenho argumentos para recusar!

Logo eu, que no ano passada ainda podia encarar uma academia e ainda tava tranquila. Os tempos mudam, estou ficando chata e sem graça. Passo o dia imaginando quando eu estiver com meus 24 anos, bonitona, formada e estiver passando férias na Holanda em meio das Tulipas.

Mas até lá, fico com meus jeans, meus cabelos alvoraçados e meu riso frouxo. EU AINDA VOU CONSEGUIR.  

Como já escrevia nosso amigo Chico Xavier:

"Havia um homem que costumava ter em cima de sua cama uma placa escrita: ISSO TAMBÉM PASSA...então perguntaram à ele o por quê disso... ele disse que era para se lembrar que, quando estivesse passando por momentos ruins, poder se lembrar de que eles iriam embora, e que ele teria que passar por aquilo por algum motivo. Mas essa placa também era pra lembrá-lo que quando estivesse muito feliz, que não deixasse tudo pra trás, porque esses momentos também iriam passar e momentos difíceis viriam de novo...E é exatamente disso que a vida é feita: MOMENTOS!
Momentos os quais temos que passar, sendo bons ou não, pro nosso próprio aprendizado. Por algum motivo... Nunca esqueça do mais importante:
NADA É POR ACASO ! Absolutamente nada. Por isso temos que nos preocupar em fazer a nossa parte da melhor forma possível."

Chico Xavier. 

2 de março de 2015

Um fevereiro nada tranquilo.

2 de março de 2015

Angústias e decepções. Solidão e receio. Foi isso que me acompanhou nesses últimos dias. E sim eu me abati com isso, doeu. Talvez são os amigos que fazem falta, rir como nunca já não faz mais parte do meu dia a dia. Estou ligada no piloto automático e quando o tão esperado final de semana chega.  A única coisa que faço é dormir e ler no WATTPAD.
 Graças a Deus existe esse aplicativo. Pois ele me enterte. Faz eu ficar lendo no horário do almoço. Me perder na leitura até as 4 da manhã e no outro dia se arrepender até o último fio de cabelo. Beijos a todos os escritores de lá, vocês são demais! 
 E por fim agora é março, então para, inspira, respira e não pira. Principalmente você Milena. 


IMAGEM TIRADA DO GOOGLE, CASO FOR SUA ENTRE EM CONTATO QUE DAREI OS DEVIDOS CRÉDITOS.

17 de fevereiro de 2015

Eu e meus desabafos dos últimos 17 dias.

17 de fevereiro de 2015

Há 17 dias atrás eu estava escrevendo o último texto que postei aqui. E eu confesso que para mil ele não funcionou tão bem. Mas fui presentiada com um feriadão de carnaval. E hoje, no final da terça-feira do próprio. Estou eu aqui. A semana vai começar, isso mesmo. Amanhã. Até dizem por ai que o Brasil só funciona depois do carnaval. Amanhã a semana irá começar e eu estou com frio na espinha pois terei que apresentar um trabalho para um professor  que não é o mais amigável da escola. Na última semana briguei com meu amigo, aquele que eu tachava ser o "melhor". A minha testa ganhou de presente algumas espinhas. E eu tive que aguentar a semana inteira pessoas falando que eu estava com carinha de triste, sendo que estava cansada. To escrevendo isso aqui pela segunda vez, pois meu celular resolveu teminar a bateria bem na hora que eu estava já terminando. As minhas calças que eu tinha apertado no último ano, resolveram tudo "desapertar" e gritar que eu engordei. E por fim eu me consolei comendo chocolate e não foi só um. O único lucro no final desses 17 dias foi a Havaina 41 que ganhei. Isso mesmo eu calço do 39 ao 41. E não preciso mencionar quanto isso é terrível.

31 de janeiro de 2015

11 meses, novas chances de felicidade..

31 de janeiro de 2015



Hoje é 31 de janeiro passaram-se  31 dias de um novo ano. E parando para pensar, amanhã começa um novo mês. Uma nova chance de ser feliz. Talvez dores do passado, ficaram em você. Mesmo quando você disse que ia esquecer. Porém não teve jeito, quando você percebeu já estava novamente na sua estante. Mas o dia amanhaceu e por um descuido você notou que era dia 31 de janeiro, agora você só tem mais 11 meses para se fazer feliz. Quer um conselho? APROVEITE, janeiro já foi.. Mas o resto do ano ta ai e dá tempo até de se cansar de ser feliz.


  • FOTO REPRODUÇÃO, SE FOR SUA AVISE QUE COLOCAREI OS DEVIDOS CRÉDITOS.